Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/07 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 16/07 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/07 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/07 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/07 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 16/07 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/07 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/07 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/07 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 16/07 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/07 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/07 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/07 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 13/07 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/07 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/07 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Moçambique

Moçambique: Mau tempo já matou 14 pessoas

media Imagem de arquivo. ODD ANDERSEN / AFP

Em Moçambique, morreram 14 pessoas desde o início da época chuvosa em Outubro do ano passado. Desde então, as intensas chuvas que continuam a fustigar as regiões norte, centro e sul do país afectaram cerca de 27 mil pessoas, de acordo com o Instituto Nacional de Gestão de Calamidades.

O Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC) indicou, esta quarta-feira, em conferência de imprensa, em Maputo, que desde o início da época chuvosa morreram 14 pessoas.

O mau tempo que fustiga as regiões norte, centro e sul de Moçambique - e que se agravou nos últimos dias - afectou cerca de 27 mil pessoas, de acordo com Paulo Tomás, porta-voz do INGC.

Na cidade de Maputo, a chuva acompanhada dos ventos fortes, que se faz sentir desde a noite de segunda-feira, forçou a interrupção da circulação de comboios entre Moçambique e a África do Sul. A fúria das águas abriu uma cratera ao longo da via, na província de Maputo, e deixou ainda bairros alagados e sem corrente eléctrica.

O INGC sublinhou que se tratam de dados preliminares e garantiu ter equipas no terreno para o levantamento real dos danos causados pelas chuvas.

Oiça aqui a reportagem do nosso correspondente, Orfeu Lisboa.

Orfeu Lisboa, Correspondente em Maputo 10/01/2018 ouvir

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.