Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 22/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 20/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 22/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 20/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 22/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 20/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 22/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Moçambique

Moçambique: Amnistia Internacional acusa empresa mineira chinesa

media Amnistia Internacional. Esther Mortes

Em Moçambique a Comissão dos Direitos Humanos vai investigar a denúncia feita pela Amnistia Internacional que acusa uma empresa mineira chinesa de violar as leis moçambicanas e internacionais.

A Comissão Nacional dos Direitos Humanos de Moçambique vai investigar a denúncia feita pela organização não-governamental Amnistia Internacional de violação dos direitos humanos e das leis moçambicanas e internacionais.

Isto numa exploração de areias pesadas em Nagonha, na província de Nampula, pela empresa mineira chinesa, Haiyu Mozambique Mining, que resultou no desalojamento de 290 pessoas nessa localidade do norte de Moçambique em vias de desaparecer.

Luís Bitone, Presidente da Comissão Nacional dos Direitos Humanos, vai mais longe ao reconhecer que o problema denunciado pela Amnistia Internacional acontece noutras explorações mineiras ao longo do país devido à corrupção exacerbada e do desrespeito das leis moçambicanas.

Para a Comissão Nacional dos Direitos Humanos é também uma prioridade a investigação e responsabilização dos autores morais e materiais do rapto e tortura do Jornalista, Jurista e comentador político, Ericino de Salema.

Mais pormenores com o nosso correspondente, Orfeu Lisboa.

Correspondência de Orfeu Lisboa 29/03/2018 ouvir

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.