Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 20/05 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 19/05 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/05 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/05 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 20/05 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 19/05 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/05 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/05 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 20/05 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 19/05 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/05 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/05 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 20/05 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 19/05 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/05 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/05 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Moçambique

Presidente moçambicano aguarda com tranquilidade resultados definitivos

media Filipe Nyusi, Presidente de Moçambique. THIERRY CHARLIER / AFP

O Chefe de Estado moçambicano abordou, numa comunicação, as eleições autárquicas de 10 de Outubro. Filipe Nyusi apelou a sociedade moçambicana a aguardar com tranquilidade o anúncio dos resultados definitivo.

O Presidente moçambicano considerou terem sido as eleições com maior participação no país, saudou os órgãos eleitorais e a polícia neste processo.

Filipe Nyusi considerou que as mesmas decorreram num ambiente de paz e tranquilidade, embora alguns incidentes registados.

Em Maputo arrancou esta quinta-feira a 8ª sessão ordinária da Assembleia da República com troca de mimos entre a Frelimo, partido no poder, a Renamo, maior partido da oposição e a terceira força do país, MDM.

A Renamo não precisa de armas para ganhar eleições e acusa a Frelimo de continuar a roubar os seus votos.

Por sua vez, o partido no poder através da sua Chefe de bancada exige seriedade da Renamo na entrega de armas, desmobilização e reintegração dos seus homens.

O MDM, também na oposição, defende que a lei eleitoral precisa ser revista para evitar situações que marcaram as autárquicas de 10 de Outubro, tornando os processos e os resultados eleitorais credíveis no país.

Mais informação com o nosso correspondente em Maputo, Orfeu Lisboa.

Correspondência de Moçambique 18/10/2018 ouvir
Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.