Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 22/03 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 17/03 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/03 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/03 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 22/03 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 17/03 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/03 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/03 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 22/03 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 17/03 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/03 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/03 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 22/03 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 17/03 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/03 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/03 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Moçambique

COP24: São necessário Governos mais comprometidos

media Manuel Cardoso, da ong moçambicana Livaningo. Cristiana Soares

Da COP24 a decorrer na Polónia, deverá sair o “livro de regras” para aplicação do Acordo de Paris. Manuel Cardoso, da moçambicana Livaningo, quer mais responsabilização dos governos para o cumprimento do documento assinado na capital francesa em Dezembro de 2015.

Manuel Cardoso, gestor de programas de energias limpas e mudanças climáticas da ong moçambicana Livaningo quer que os estados mais poluentes assumam as suas responsabilidades na causa climática e espera que o Acordo de Paris saia reforçado de Katowice.

Acreditamos que esta seja a COP onde as decisões vão ser tomadas e que os governos estão mais comprometidos com a causa climática”, sublinha gestor de programas de energias limpas e mudanças climáticas da Livaningo.

Sobre o documento rubricado em Paris, Manuel Cardoso sublinha que carece de uma série de precisões, mas que esperam “que mude até ao final da COP24”.

Manuel Cardoso da Livaningo 10/12/2018 ouvir
Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.