Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/04 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 14/04 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/04 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/04 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 14/04 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/04 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/04 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 14/04 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/04 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/04 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 14/04 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/04 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Moçambique

Moçambique: PGR reagiu a caso Chang

media Manuel Chang, ex-ministro da Finanças de Moçambique NICHOLAS KAMM / AFP

As autoridades governamentais moçambicanas quebraram o silêncio sobre a detenção na África do sul do antigo ministro das finanças,  Manuel Chang,  indiciado pela justice norte-americana de prática de crimes de conspiração para cometer fraude electrónica, fraude de valores mobiliários, para violar as disposições contra o suborno e controle interno da Lei sobre práticas de corrupção no exterior.  

Em comunicado a Procuradoria Geral da República diz ter sido informado pelo consulado de Mocambique em Pretória sobre a detenção do também deputado da Assembleia da República, ocorrido no dia 29 de Dezembro de 2018, no Aeroporto Internacional de Joanesburgo.

Num caso de mandado de captura internacional, e que, diz a PGR, só no dia 31 recebeu a cópia da acusação proferida contra 3 arguidos cidadãos de nacionalidade moçambicana, dentre os quais, Manuel Chang.

Tudo isto estando relacionado com as dívidas ocultas de pouco mais de dois mil milhões de dólares contraídas, entre 2013 e 2014, com garantias do Estado, pelas empresas, MAM, Proindicus e Ematum, junto dos bancos Crédit Suisse e VTB Capital.

E a terminar no seu comunicado de três páginas, a PGR que diz não ter tido qualquer resposta das moratórias enviadas ao governo norte-americano sobre o decurso das investigações, diz ainda assim, esperar contar com a colaboração das instituições de justiça nos países em causa, com vista à responsabilização dos infractores.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.