Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 23/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 24/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 23/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 24/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 23/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 24/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 23/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 24/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Moçambique

Rafael Leão ajudou Moçambique

media Rafael Leão, avançado luso-angolano do Lille. FRANCOIS LO PRESTI / AFP

Ajudas para Moçambique chegam de todo o planeta e até do mundo do futebol. O avançado luso-angolano da equipa francesa do Lille, Rafael Leão, também fez um donativo para as vítimas do Ciclone Idai.

Qualquer ajuda é bem vinda, é um pouco o leitmotiv para as vítimas do Ciclone Idai.

Desta vez veio do mundo do futebol e do futebolista português com origens angolanas, Rafael Leão que actua no Lille em França.

 

Ele explicou as razoes que o levaram a enviar este donativo para Moçambique.

 

« Fiz um donativo para Moçambique, porque é um continente onde tenho familiares e de onde vêm os meus pais. É uma situação muito difícil pela qual estão a passar os Moçambicanos. Imagino o que as pessoas devem passar. Tentei ajudar com aquilo que pôde e o que eu peço é que as pessoas olhem para esta situação. Tudo é bem vindo, podemos todos dar alguma coisa: roupa ou comida, mesmo se não é dinheiro. A situação é deverás complicada. Mando as minhas condolências para Moçambique. E também quero mandar força para todas as pessoas que estão a passar por este momento », concluiu o avançado luso-angolano que nesta temporada apontou 8 golos no campeonato francês de Ligue 1.

 

Rafael Leão, futebolista luso-angolano do Lille 08/04/2019 ouvir

 

O ciclone Idai deixou um enorme rasto de devastação na zona centro em Moçambique, nomeadamente na província de Sofala, aquando da sua passagem a 14 de Março matando mais de 600 pessoas.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.