Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 20/05 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 19/05 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/05 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/05 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 20/05 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 19/05 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/05 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/05 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 20/05 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 19/05 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/05 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/05 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 20/05 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 19/05 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/05 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/05 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Moçambique

Presidente moçambicano quer população a denunciar grupos armados

media Presidente moçambicano Filipe Nyusi pede colaboração da população contra grupos armados Yasuyoshi CHIBA / AFP

O presidente moçambicano, Filipe Nyusi, denunciou hoje a situação de insegurança em Cabo Delgado, onde há zonas que são atacadas por insurgentes. O chefe de Estado moçambicano, mostrou-se preocupado com a pouca denúncia por parte da população dos movimentos dos grupos armados naquela província de Moçambique.

Pouca denúncia dos movimentos dos grupos armados por parte da população está a preocupar de Filipe Nyusi, chefe de Estado e comandante em chefe das forças de defesa e segurança de Moçambique.

O presidente moçambicano assumiu esta posição no final de uma visita de monitoria dos trabalhos das forças de segurança estacionadas em algumas zonas que são alvo de ataques de insurgentes na sua maioria estrangeiros.

Para Filipe Nyusi, os ataques armados de que são alvos alguns distritos da província de Cabo Delgado, no norte de Moçambique, e cujas motivações são ainda desconhecidas envolvem cidadãos estrangeiros.

O Presidente apelou a uma maior vigilância e denúcia deses grupos armados pela população.

Na sua qualidade de comandante em chefe das forças armadas, Filipe Nyusi, apresentou à população um novo contingente militar que deverá travar a onda de ataques que desde 2017 resultaram em cerca de 200 mortos, saque de bens da população e destruição de infraestruturas públicas e privadas.

De Maputo, o nosso correspondente, Orfeu Lisboa.

Orfeu Lisboa, correspondente, em Maputo 14/04/2019 ouvir
Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.