Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 22/05 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 19/05 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/05 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/05 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 22/05 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 19/05 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/05 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/05 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 22/05 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 19/05 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/05 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/05 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 22/05 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 19/05 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/05 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/05 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Moçambique

Chegada da Nova Tempestade

media Moçambique ainda em fase de recuperação e mais um ciclone a caminho. Yasuyoshi CHIBA / AFP

As autoridades moçambicanas teceram um alerta sobre a formação de baixas pressões que deverão evoluir para uma depressão tropical severa que poderia chegar amanhã à provincia de Cabo Delgado, no norte de Moçambique.

Depois da passagem do ciclone Idai há poucas semanas em Moçambique, uma depressão tropical severa com ventos que poderão ultrapassar os 100 quilómetros por hora, poderá afectar a província de Cabo Delgado no extremo norte de Moçambique até ao próximo dia 26 deste mês.

O alerta foi lançado pelo Instituto Nacional de Meteorologia que garante estar já monitorar a situação, conforme disse Acácio Tembe  Meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia de Moçambique em declaraçoes recolhidas por Orfeu Lisboa.

Refira-se que esta tempestade está a chegar numa altura em que Moçambique ainda está a debater-se com as consequências da passagem do ciclone Idai no mês de Março que causou pelo menos 603 mortos no País e afetou mais de 1,5 milhões de pessoas, segundo os últimos dados das autoridades moçambicanas.

 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.