Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 20/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Moçambique

Recenseamento termina hoje em Moçambique

media Eleições autárquicas de 10 de Outubro de 2018. Maputo. Roberto MATCHISSA / AFP

O recenseamento para as eleições gerais de 15 de Outubro, em Moçambique, termina esta quinta-feira. Até domingo, tinham sido registados 73% do total de eleitores previstos, num processo que começou a 15 de Abril.

O Secretariado Técnico da Administração Eleitoral tinha fixado como meta o recenseamento de sete milhões de eleitores, numa operação que se iniciou a 15 de Abril e durou 45 dias. Até domingo, tinham sido registados 73% do total de eleitores previstos.

Esta semana, Ossufo Momade, presidente da Renamo, acusou o Governo de estar a organizar " esquemas fraudulentos" no recenseamento para vencer as eleições gerais e exigiu a demissão do director-geral do STAE, Felisberto Naife.

A Renamo denuncia irregularidades no recenseamento e defendeu o seu prolongamento. Porém, o porta-voz do STAE, Cláudio Langa, descartou essa possibilidade porque isso poderia “baralhar o calendário eleitoral”, ainda que tenha reconhecido a existência de problemas como o não funcionamento de alguns postos de recenseamento, cortes frequentes de energia eléctrica e funcionamento deficitário do equipamento electrónico.

As eleições gerais - legislativas, presidenciais e provinciais - estão marcadas para 15 de Outubro.

Oiça aqui a reportagem do nosso correspondente Orfeu Lisboa.

Reportagem de Orfeu Lisboa 30/05/2019 ouvir
Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.