Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 09/12 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 10/12 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 09/12 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/12 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 09/12 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 10/12 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 09/12 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/12 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 09/12 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 10/12 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 09/12 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/12 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 09/12 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 10/12 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 09/12 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/12 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Artigo

ONU e Rússia se reúnem em busca de solução para a Síria

media A cidade de Aleppo, capital econômica da Síria, antes e depois da destruição causada pela guerra civil. Crédito/ Anistia Internacional

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e o chefe da diplomacia russa, Sergueï Lavrove, se reúnem nessa quinta-feira para um jantar de trabalho, onde a Síria será o principal tema a ser debatido. As Nações Unidas, a Rússia e os Estados Unidos tentam organizar uma conferência internacional sobre os confrontos entre as forças rebeldes e o exército do presidente Bashar al Assad, para permitir uma transição política.

Na sexta-feira, Lavrove e o ministro russo da Defesa, Sergueï Choigou, serão recebidos por seus homólogos americanos em Washington. Além da questão síria, devem entrar em pauta o novo tratado de desarmamento nuclear, o Afeganistão, o Irã e o caso do asilo russo concedido ao ex-agente da CIA, Edward Snowden.

Rússia e a China, aliadas do regime, vem bloqueando a aprovação de resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas. Nesta quarta-feira em entrevista ao Wall Street Journal, o número dois da CIA, Michael Morell, apontou o conflito sírio, que já dura mais de dois anos, como a principal ameaça para os Estados Unidos. "É provavelmente o problema mais importante no mundo hoje em razão da direção que ele toma", afirmou.

Morell, que se prepara para deixar a agência de informação americana, após 33 anos de trabalho, diz que há mais combatentes islamitas estrangeiros se juntado as tropas rebeldes, que durante os piores momentos da guerra do Iraque.

Imagens da guerra

Um relatório divulgado nesta quarta-feira pela Anistia Internacional mostra os efeitos da guerra sobre a cidade de Aleppo, na Síria. A capital econômica do país foi devastada por bombardeios quase diários e a maior parte dos seus habitantes abandou o local agora em ruinas, como mostram as imagens via satélite divulgadas pela ONG.

As fotos feitas antes e depois dos combates que se iniciaram nessa zona em julho de 2012, mostra diferentes bairros. Segundo o documento, o registro mostra o caráter alarmante da continuação do conflito com o desprezo total das regras humanitárias internacionais, causando destruições em massa, morte e deslocamentos.

A cidade continua sendo palco de bombardeios das forças do regime, enquanto os rebeldes controlam mais de 50% dos bairros. A Anistia Internacional quer que o caso sírio seja examinado pela Corte Penal Internacional.

 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.