Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 24/06 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 23/06 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/06 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 24/06 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 23/06 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/06 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 24/06 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 23/06 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/06 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 24/06 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 23/06 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/06 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Urgente
Angola empatou a 1 bola com a Tunísia na sua estreia no CAN
Mundo

Naufrágio de navio com 458 pessoas a bordo tem 18 sobreviventes na China

media Equipes de resgate trabalham no rio Yangtzé, onde um navio de cruzeiro naufragou nesta madrugada. REUTERS/China Daily

Equipes de resgate chinesas travam uma batalha contra o relógio para encontrar eventuais sobreviventes do navio de passageiros transportando mais de 450 pessoas que afundou na noite desta segunda-feira (1) no rio Yangtsé, no centro da China. A maioria dos passageiros eram turistas idosos.

As autoridades chinesas estão sendo criticadas pela falta de informações sobre o naufrágio e as operações de resgate. Apenas 18 pessoas teriam sido resgatadas com vida, incluindo o capitão e o engenheiro chefe do navio, que nadaram até a margem do rio. Detidos para interrogatório, eles afirmaram que a embarcação foi surpreendida por uma tempestade. Cinco cadávares também foram recuperados.

As operações de resgate prosseguem, mas os fortes ventos e a chuva intensa complicam os trabalhos. A embarcação, denominada Dongfangzhixing, ou Estrela do Oriente, que zarpou de Nankin (leste) com destino a Chongqing (centro), naufragou por causa do mau tempo quando passava pelo distrito de Jianli, na província de Hubei, indicou a agência oficial Xinhua. A bordo estavam 458 pessoas, incluindo 406 passageiros chineses, cinco agentes de viagem e 47 membros da tripulação. Não há informações sobre a presença de estrangeiros no navio.

A embarcação, que media 76,5 metros de comprimento, era capaz de transportar até 534 pessoas, e pertencia a uma empresa que operava passeios na região da represa das Três Gargantas.

Passageiros presos

A imprensa chinesa relata que mergulhadores bateram em várias ocasiões no casco do navio (virado) e obtiveram "respostas" do interior do barco. Um número importante de turistas tinha entre 50 e 80 anos, informou o jornal Hubei Ribao, citando fontes oficiais.

Segundo a imprensa estatal, o presidente Xi Jinping ordenou o emprego de "todos os esforços possíveis" nos trabalhos de resgate, e o primeiro-ministro, Li Keqiang, está a caminho do local para coordenar pessoalmente as operações.

Nas redes sociais, os internautas chineses lamentaram a falta de cobertura da mídia: "quando o ferry (Sewol) afundou (no ano passado) na Coreia do Sul, a televisão sul-coreana informou 24 horas", postaram internautas.

Em janeiro, 22 pessoas morreram - incluindo oito estrangeiros - quando um rebocador afundou no Yangtsé entre as cidades de Jingjiang e Zhangjiagan. Após o acidente, o governo provincial disse que o barco estava em fase de testes sem completar adequadamente os procedimentos necessários e sem fornecer informações sobre as condições de segurança do navio, tal como exigido pelos regulamentos.

O Yangtsé é o rio mais longo da Ásia, com 6.300 km, e tem registrado várias tragédias fluviais.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.