Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 18/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 18/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 18/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 18/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
França

Michel Platini desiste da Presidência da FIFA

media Michel Platini, actual presidente da UEFA. Imagem de Arquivo. REUTERS/Eric Gaillard/Files

Michel Platini, suspenso oito anos do seu cargo de presidente da UEFA e de qualquer actividade ligada ao futebol, anunciou esta quinta-feira ao jornal desportivo francês "L'Équipe" que retirou a sua candidatura para a presidência da FIFA, por falta de tempo, e que prefere consagrar-se à sua defesa.  

É o fim de uma longa novela. Michel Platini, actual presidente francês da UEFA, não se vai candidatar à presidência da FIFA, eleições que ocorrem a 26 de Fevereiro.

"Não me vou apresentar à presidência da FIFA. Retiro a minha candidatura", anunciou o antigo número 10 da Selecção Francesa, actualmente com 60 anos, ao jornal desportivo francês "L'Equipe".

"Não tenho tempo, nem meios para ir ver os eleitores, encontrar pessoas, lutar contra os outros. Retirando a minha candidatura, faço a escolha de me consagrar à minha defesa num dossier onde já não se fala de corrupção, falsificação, onde já não há nada", referiu Michel Platini.

Lembramos que Michel Platini, presidente francês da UEFA desde 2007, e Joseph Blatter, presidente demissionário suíço da FIFA desde 1998, foram suspensos por oito anos das actividades ligadas ao futebol pela justiça interna da FIFA, o organismo que gere o futebol mundial.

Após a saída da corrida de Michel Platini, há cinco candidatos à presidência da Fifa: O presidente da Confederação Asiática Cheick Salman Bin Ebrahim Al Khalifa, o secretário-geral da UEFA Gianni Infantino, o homem de negócios sul-africano Tokyo Sexwale, o Príncipe Ali antigo vice-prresidente da FIFA derrotado por Joseph Blatter nas últimas eleições na Primavera de 2015, e o antigo membro da FIFA Jérôme Champagne.

João Lusevikueno, porta-voz e vice-presidente da Federação Angolana de futebol, confirma a recepção de uma carta de Michel Platini, esta sexta-feira 8 de Janeiro, anunciando a sua desistência para a liderança da FIFA.

"Nós hoje tivemos a oportunidade de receber uma carta, uma missiva, de Michel Platini, em inglês, assinada pelo próprio, em que realmente manifesta esta intenção de não concorrer mais para o poder máximo da Federação Internacional de Futebol Associado. É óbvio que olhamos para isto com uma certa tristeza, porque Michel Platini é um homem do futebol (...) jogador mítico e n°10 da Juventus, um excelente jogador que todos nós (...) acompanhámos com muita satisfação", João Lusevikueno.

João Lusevikueno, porta-voz e vice-presidente da Federação Angolana de Futebol 08/01/2016 ouvir

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.