Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 22/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 20/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 22/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 20/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 22/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 20/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 22/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 20/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Brexit :retoma da campanha após assassínio de deputada

media  
Partidários do Brexit durante uma manifestação em Londres. 04 de Junho de 2016. REUTERS/Neil Hall

Quatro dias após o assassínio da deputada Jo Cox, a campanha para o Brexit,referendo através do qual os britânicos deverão decidir no dia 23 de Junho, se desejam ou não continuar a ser membros da União Europeia, retomou o seu curso. O primeiro-ministro britânico, David Cameron,na origem do citado escrutínio concede esta noite uma entrevista à televisão pública ,sobre o controverso referendo. Cameron é favorável à continuidade do Reino Unido no seio da União Europeia , mas os seus detractores o acusam de ter proposto o referendo, para apaziguar a ala eurocéptica dos Tories, Partido Conservador britânico.

Domingo foi rezada em Birstall uma missa em memória da deputada Jo Cox, assassinada por um indivíduo pró-Brexit, ligado à grupos da extrema-direita britânica .A aldeia do norte da Inglaterra que durante quatro dias esteve em foco nos media do mundo, cedeu lugar novamente à campanha para o referendo sobre a permanência da Grã-Bretanha no seio da União Europeia. A morte de Jo Cox, pró-União Europeia, não mudou sensivelmente o equilíbrio da campanha, entre os partidários da permanência e os da retirada. A última sondagem realizada pelo instituto Survation para o semanário Mail on Sunday, revela que 45% dos britânicos são a favor da continuidade do Reino Unido na União Europeia, contra 42% que optam pela saída.

  O Sunday Times publicou neste domingo, outra sondagem em que os favoráveis à União Europeia vencem com uma pequena margem de 1%, ou seja 44% contra 43%. Contráriamente ao Sunday Times ,o Daily Mirror através de uma sondagem efectuada nos dias 15 e 16 de Junho, revela que os vencedores são os partidários do Brexit com 44%, contra 42%.

Numa tribuna publicada  domingo pelo Sunday Telegraph, o primeiro-ministro David Cameron, afirma nomeadamente que no dia 23 de Junho, os britânicos serão confrontados com uma opção existencial".

                    

 

 

 

 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.