Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 26/06 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 23/06 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/06 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 26/06 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 23/06 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/06 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 26/06 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 23/06 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/06 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 26/06 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 23/06 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/06 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Zona euro cada vez mais só na ortodoxia orçamental

Zona euro cada vez mais só na ortodoxia orçamental
 
As principais economias mundiais tentam relançar a actividade económica REUTERS/Stefan Wermuth

O governo japonês anunciou recentemente um grande plano de estímulo à economia com uma boa dose de despesa pública, o governo britânico prepara o Brexit com os olhos na reindustrialização ao passo que o banco central dos Estados Unidos contemporiza e não aumenta por enquanto as taxas de juro para não abrandar a actividade económica.

As principais potências intervêem e estimulam a economia - reconhece-se a necessidade da despesa pública. A zona euro é que parece amarrada à ortodoxia orçamental apesar dos claros limites da política monetária levada a cabo pelo Banco Central Europeu.

O professor português de economia José Castro Caldas começa por nos falar do Reino Unido que, com um crescimento de 0,6 % e um desemprego de 4,9 % no segundo trimestre, tem para já gerido bem o pós-referendo graças à sua soberania económica.


Sobre o mesmo assunto

  • Economias

    Impacto do Brexit em África

    Saber mais

  • Economias

    Brexit altera libra, bolsa e economia

    Saber mais

  • Economias

    Novo arsenal do BCE contra risco deflacionista

    Saber mais

  • Comissão Europeia

    Comissão Europeia pede multa zero para Portugal e Espanha

    Saber mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.