Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 24/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 22/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 24/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 22/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 24/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 22/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 24/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 22/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

França : François Fillon não retira a sua candidatura

media François Fillon, candidado da Direita à eleição presidencial francesa DR

O candidato da Direita francesa à eleição presidencial, François Fillon teve hoje um encontro com vários parlamentares, na Assembleia Nacional, a quem reiterou a sua vontade de continuar na corrida ao Eliseu, afirmando que a sua desistência criaria uma "crise maior" , e sublinhou que não existe uma solução alternativa. 

François Fillon reafirmou hoje aos parlamentares do seu partido ( Les Républicains) que não se retira da campanha eleitoral para a eleição presidencial, apesar das acusações de empregos fictícios que pesam sobre ele. Segundo François Fillon, isso criaria uma "crise maior" no seu partido, e poderia conduzir ao desaparecimento da Direita nesse escrutínio.

Alguns parlamentares, nomeadamente "sarkozistas",  tinham-lhe pedido que reunisse o "bureau político" do Partido (Les Républicains), estimando ser impossível continuar a fazer uma campanha eleitoral nestas condições. Mas Fillon lembrou novamente que houve uma eleição primária da Direita francesa, e que "não é uma instância qualquer do partido que vai decidir quem será o candidato, como se fazia durante a IV República".

Neste momento, Marine Le Pen, líder da Frente Nacional (extrema Direita), goza de 25% de intenções de voto, nas sondagens, e espera apenas o mínimo "deslise" de François Fillon, para poder recuperar o voto dos "desiludidos". da Direita.

Por outro lado, a Esquerda, dividida internamente pelas sua variadas sensibilidades, espera também ansiosamente pelo desfecho do caso "Penelopegate".

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.