Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 25/06 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 27/06 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/06 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 27/06 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 25/06 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 27/06 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/06 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 27/06 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 25/06 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 27/06 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/06 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 27/06 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 25/06 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 27/06 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/06 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 27/06 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Venezuela: "a mãe de todas as manifestações"

media Protestos contra Nicolas Maduro nas ruas de Caracas. . REUTERS/Carlos Garcia Rawlins

A oposição venezuelana realiza esta quarta-feira a "mãe de todas as manifestações" contra o Presidente Nicolás Maduro. Em resposta, o partido de Nicolás Maduro convocou uma contra-manifestação.

Há mais de duas semanas que os anti-Maduro lançaram uma campanha contra o chefe de Estado, que acusam de ter tendências ditatoriais. A violência à margem das manifestações já fizeram, pelo menos, cinco mortos.

Os manifestantes contra Nicolás Maduro reclamam um calendário eleitoral, o fim das medidas repressivas contra os manifestantes e o respeito pelo Congresso, onde a oposição é maioritária.

O líder venezuelano, por seu lado, acusa os opositores de querer espalhar a desordem e derrubar o governo. Em resposta solicitou uma contra-manifestaçao, na capital Caracas.

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal, garante que o país possui um plano de contingência para a comunidade portuguesa na Venezuela, em caso de agravamento da situação.

O chefe da diplomacia portuguesa sublinha que “Portugal tem cerca de cinco milhões de naturais de Portugal ou com nacionalidade portuguesa vivendo no estrangeiro, e em relação a todos eles temos obrigações constitucionais de protecção consular e de protecção em circunstâncias de insegurança ou de outros incidentes que possam pôr em perigo o sue bem-estar ou as suas próprias condições de existência”.
 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.