Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 20/01 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 21/01 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/01 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/01 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 20/01 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 21/01 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/01 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/01 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 20/01 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 21/01 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/01 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/01 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 20/01 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 21/01 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/01 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/01 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Estados Unidos vão ou não rasgar o Acordo de Paris ?

media ©REUTERS/Jonathan Ernst

Donald Trump anuncia esta quinta-feira à noite se os Estados Unidos vão ou não rasgar o Acordo de Paris sobre o clima, como prometido durante a campanha eleitoral.

O Presidente norte-americano vai anunciar, pelas 19 horas (TMG) desta quinta-feira, se vai vai ou não avançar com a desvinculação do Acordo de Paris.

O Acordo visa limitar o aquecimento do planeta e reduzir as emissões de gazes com efeito de estufa, acordo não vinculativo rubricado em Paris em Dezembro de 2015 por mais de 190 países, incluindo os Estados Unidos e a China, os países mais poluidores

Donald Trump prometeu anular este acordo durante a sua campanha eleitoral, e recentemente na cimeira do G7 em Itália foi o único Presidente a não reiterar o compromisso de o assumir, mas segundo analistas Trump poderia usar ressalvas de linguagem para anunciar a saída, deixando em aberto que a decisão não é a final, dada a morosidade do processo.

O parlamento europeu pode estar a seguir o mesmo caminho como afirma a eurodeputada portuguesa do Bloco que Esquerda, Marisa Matias, que apresentou na terça-feira um relatório, que foi chumbado pelo voto contra dos que defendem os lobbies dos grandes produtores florestais.

Trata-se de um relatório que é "parte do Acordo de Paris para a legislação comunitária e que tem a ver com a alteração das terras e das florestas. Há um lobbie enorme que venceu nesse voto em comissão e que é sobretudo veiculado pelos países nórdicos, mas também pelos grandes proprietários florestais que resolveram apresentar um compromisso alternativo àquele que apresentava", descreveu Marisa Matias.

Eurodeputada portuguesa, Marisa Matias 01/06/2017 ouvir

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.