Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 21/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 20/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 21/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 20/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 21/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 20/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 21/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 20/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Raúl Alarcón venceu Volta a Portugal em bicicleta

media O ciclista espanhol Raúl Alarcón (camisola amarela), da W52-FC Porto, festeja no pódio com elementos da equipa, a vitória na geral individual da 79a Volta a Portugal em bicicleta. NUNO VEIGA/LUSA

O ciclista espanhol Raúl Alarcón, que representa a equipa portuguesa W52-FC Porto, venceu a 79.ª edição da Volta a Portugal em bicicleta, enquanto o compatriota e colega de equipa, Gustavo Veloso, arrecadou a décima e última etapa, um contra-relógio na cidade de Viseu num percurso de 20,1 quilómetros.

Raúl Alarcón, ciclista espanhol de 31 anos, arrecadou pela primeira vez o troféu de vencedor da Volta a Portugal.

Uma vitória em grande para o atleta da equipa portuguesa W52-FC Porto que também venceu duas etapas durante a prova, a primeira e a quarta etapa. Aliás Raúl Alarcón vestiu a camisola amarela após a primeira etapa e nunca mais a largou.

Raúl Alarcón, vencedor da geral individual, estava feliz com a conquista do troféu:É um sonho tornado realidade. Não sabia que era o vencedor com mais dias de amarelo. Só pensava que tinha de ir dia a dia e nunca no final. A chave foi a etapa de ontem (ndr: segunda-feira), foi uma grande táctica da equipa. O dia de hoje foi muito duro, foram 20 quilómetros a dar tudo. Estar de amarelo é algo que nunca vou esquecer. Agora vou festejar, em minha casa, de certeza, que já há festa”.

O ciclista espanhol venceu a prova com um minuto e 23 segundos de vantagem sobre o português Amaro Antunes (W52-FC Porto) e cinco minutos e 25 segundos de vantagem sobre o espanhol Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé).

Em 90 anos de Volta a Portugal, Raúl Alarcón tornou-se o 17.º estrangeiro a ganhar a prova e o sexto espanhol, depois de Gustavo Veloso (2015 e 2014), Alejandro Marque (2013), David Blanco (2012, 2010, 2009, 2008 e 2006) - recordista de triunfos na prova -, Xavier Tondo (2007) e Jesus Manzaneque (1973).

A equipa da W52-FC Porto foi claramente a mais forte com seis vitórias nos onze dias de competição. Os espanhóis Raúl Alarcón e Gustavo Veloso ganharam duas etapas, enquanto os portugueses Samuel Caldeira e Amaro Antunes venceram uma.

No que diz respeito às outras camisolas: Amaro Antunes arrecadou a camisola azul de melhor trepador, Vicente García de Mateos venceu a camisola verde de melhor sprinter, o letão Krists Neilands (Israel Cycling Academy) alcançou a vitória na classificação da juventude, e a W52-FC Porto conquistou a classificação por equipas.

De notar ainda que o espanhol Gustavo Veloso (W52-FC Porto), arrecadou a décima e última etapa, um contra-relógio na cidade de Viseu num percurso de 20,1 quilómetros. Raúl Alarcón terminou no segundo lugar a 15 segundos, enquanto o espanhol Alejandro Marque (Sporting-Tavira) ficou no terceiro lugar a 18 segundos do vencedor.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.