Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 20/03 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 17/03 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/03 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/03 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 20/03 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 17/03 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/03 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/03 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 20/03 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 17/03 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/03 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/03 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 20/03 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 17/03 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/03 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/03 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Começou a competição do Festival de Macau

media Festival de Macau RFI/Miguel Martins

 

Decorre até à próxima quinta-feira a segunda edição do Festival internacional de cinema de Macau. O realizador francês Laurent Cantet é o presidente do júri do certame.

O vencedor da Palma de Ouro de Cannes de 2008 chegou a Macau com a missão de avaliar os dez filmes em competição.

Laurent Cantet que voltara a dar nas vistas este ano, no mesmo certame do sul da França, com "O atelier", filme que será também aqui projectado.

A dezena de filmes em competição inclui longas metragens provenientes da Ásia, obviamente, mas também da Europa, América do Sul ou ainda do Médio Oriente.

Desta feita os filmes lusófonos em cartaz têm projecção apenas nas mostras paralelas.

E isto contrariamente à edição inaugural onde, recorde-se, três distinções foram para a lusofonia: um prémio para o fime brasileiro "Elon não acredita na morte" e dois dos principais (melhor realizador e melhor actor) para "São Jorge" do português Marco Martins.

Este certame será, ainda, a oportunidade para estreias mundiais de filmes de cineastas macaenses.

O prémio do público da edição inaugural fora para a local Tracy Choi e "Sisterhood" (irmandade) e a história de amor entre duas raparigas em plena transferência da soberania de Portugal para a China.

Miguel Martins, enviado especial a Macau 09/12/2017 ouvir

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.