Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Cinema lusófono em cartaz no Festival de Macau

media As boas maneiras, filme brasileiro em exibição no Festival internacional de cinema de Macau IFFAM

"A fábrica de nada", do português Pedro Pinho, premiado em Cannes em Maio passado na Quinzena dos realizadores, e "As boas maneiras" dos brasileiros Juliana Rojas e Marcos Dutra são filmes lusófonos com projecção no Festival internacional de cinema de Macau.

O certame decorre até dia 14 em vários recintos desta agora região administrativa especial da China, nomeadamente no seu Centro cultural.

Os filmes vêm de todo o mundo e também de Portugal, que só em 1999 deixou de administrar o território, ou do Brasil.

"A fábrica de nada", longa metragem de três horas do português Pedro Pinho, fora premiada em Maio passado no Festival de cinema de Cannes, sul da França, no âmbito da Quinzena dos realizadores está aqui em cartaz.

Um retrato da austeridade em Portugal com uma fábrica prestes a encerrar e a luta dos respectivos trabalhadores para a salvar. Um filme de três horas que conta com toda uma parte musical e de dança.

"As boas maneiras" dos brasileiros Marcos Dutra e Juliana Rojas, por sua vez, leva-nos até ao universo do fantástico com uma estranha relação entre uma criada e a sua patroa grávida, com um lobisomem a pairar nas redondezas.

Estas são duas propostas lusófonas em projecção num festival que se afirma determinado em continar a fazer a ponte entre o Oriente e o Ocidente, a exemplo do papel desempenhado na história por este antigo território português no Sul da China.

Confira aqui a correspondência do festival.

Correspondência de Macau 11/12/2017 ouvir

Ouça aqui Maria Helena de Senna Fernandes, directora do Turismo de Macau, sobre as apostas em apoiar o cinema local e a visibilidade no certame do cinema de expressão portuguesa.

Maria Helena Senna Fernandes, presidente da comissão instaladora do Festival de cinema de Macau 11/12/2017 ouvir

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.