Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 13/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 13/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 13/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 13/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Europa contraria Netanyahu

media Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro israelita, com Federica Mogherini, Alta Representante da UE para Política Externa REUTERS/Francois Lenoir TPX IMAGES OF THE DAY

Em deslocação a Bruxelas, Benjamin Netanyahu reafirmou que Jerusalém é a única capital de Israel. Por outro lado, Federica Mogherini, em nome da diplomacia europeia, sublinhou que a "única solução realista para o conflito" é "Jerusalém como a capital de ambos".

Em deslocação oficial a Bruxelas, Bélgica, Benjamin Netanyahu reafirma que Jerusalém é a única capital de Israel. O primeiro-ministro israelita acredita que outros países vão seguir o exemplo dos Estados Unidos da América e deslocalizar as respectivas embaixadas para a Cidade Santa.

Em conferência de imprensa conjunta, em Bruxelas, com Federica Mogherini, representante da política externa da União Europeia, Benjamin Netanyahu elogiou o "realismo" de Donald Trump, presidente norte-americano, e considerou que na origem do conflito israelo-palestiniano está o facto de os palestinianos não reconhecerem o direito à existência do estado de Israel.

Por outro lado, Federica Mogherini, em nome da diplomacia europeia, reafirmou a posição do bloco: "Consideramos que a única solução realista para o conflito entre Israel e a Palestina é baseada em dois estados, com Jerusalém como a capital de ambos (…) esta é a nossa posição e vamos continuar a respeitar as preocupações internacionais quanto a Jerusalém até o estatuto final da Cidade Santa ser definido em negociações directas. E esperamos que as partes cheguem a um acordo com o apoio da Comunidade Internacional".

Europa contraria Netanyahu 11/12/2017 ouvir

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.