Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 21/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 20/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 21/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 20/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 21/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 20/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 21/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 20/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

EUA:Senado aprova reforma tributária

media Tổng thống Mỹ Donald Trump phát biểu về chiến lược an ninh quốc gia, ngày 18/12/2017. REUTERS/Carlos Barria

O Senado norte-americano aprovou a versão final da primeira revisão do código tributário dos últimos 30 anos nos Estados Unidos. Trata-se de uma vitória significativa dos republicanos e de Donald Trump.

O texto foi aprovado com 51 votos a favor e 48 contradepois de o Senado ter feito algumas mudanças técnicas.

A reforma é vista como a maior revisão do código tributário nos últimos trinta anos, e de acordo com alguns analistas estas reformas favorecem, essencialmente, os mais ricos.

O documento prevê a redução dos impostos às empresas, de 35 por cento para 21 por cento, e para os ricos, ao mesmo tempo que oferece alívio tributário, temporário, aos trabalhadores individuais e famílias americanas.

A reforma fiscal já fez reagir os ministros das Finanças das cinco maiores economias da Europa que alertaram a administração Trump de que a nova legislação viola os acordos internacionais e prejudica as trocas comerciais.

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.