Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 18/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 18/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 18/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 18/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Estação espacial chinesa caiu sem controlo

media Imagem de Ilustração. Nasa via Reuters

A queda da estação espacial chinesa Tiangong-1 esteve no centro das atenções nos últimos dias. Houve muitas incertezas quanto ao paradeiro da estação, que acabou por se desintegrar quase por completa na atmosfera terrestre.

A estação espacial Tiangong-1, da agência espacial chinesa CNSA, entrou na atmosfera na madrugada da segunda-feira 2 de Abril e ardeu na sua grande maioria durante a queda. Os restos terão caído no sul do Oceano Pacífico, anunciou a administração de Pequim.

A estação, conhecida como Palácio Celeste, com mais de 10 metros, era a pérola do programa espacial chinês, o protótipo da estação espacial permanente que o país espera lançar para o espaço por volta de 2022. O Palácio Celeste foi colocado em órbita em Setembro de 2011 e estava programado para fazer uma entrada controlada na atmosfera. Porém, deixou de funcionar em Março de 2016. Para substituir a primeira estação espacial, já foi lançado o Tiangong 2, em Setembro de 2016.

No entanto o lugar exacto onde ia cair a estação foi algo incerto durante os últimos dias. Especialistas apontaram o Brasil, ou ainda a Europa, ou por fim África como possíveis destinos.

Para Cláudio Moisés Paulo, astrofísico moçambicano, os riscos são limitados por força da atmosfera terrestre, no entanto a preocupação pode ajudar a melhorar as próximas missões espaciais.

Cláudio Moisés Paulo, astrofísico moçambicano 03/04/2018 ouvir

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.