Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 22/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 20/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 22/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 20/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 22/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 20/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 22/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Leopardos no Festival de Locarno

media Leopardos no Festival de Locarno. Festival international du film de Locarno

A terminar o Festival Internacional de Cinema de Locarno, vamos conhecer o Leopardo de Ouro Prata e outros destaques do palmarés.

O Leopardo de Ouro foi para o filme "Uma Terra Imaginada", do realizador Zeo Siew Hua, de Singapura, com a situação dos trabalhadores imigrantes vindos dos países vizinhos.

Rui Martins, correspondente em Locarno 12/08/2018 ouvir

O Prémio Especial do Júri foi para o filme choque da competição internacional "M, maiúsculo" de Yolande Zauberman, contando casos de abusos sexuais e pedofilia em meninos, por religiosos e rabinos ortodoxos em Bnei Brak, Israel.

Melhor realização foi para a chilena Domingas Sotomayor pelo filme "Tarde demais para morrer jovem" sobre uma comunidade perto de Santiago do Chile.

Melhor Actriz foi para a romena Andra Guti, no filme "Alice T.", no qual vive uma adolescente agressiva.

Melhor Actor foi para o coreano Ki Joobong, no filme "Hotel à Beira do Rio", um poeta conhecido, que reencontra seus dois filhos adultos, ao se sentir próximo da morte.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.