Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 11/11 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 13/11 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 11/11 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/11 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 11/11 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 13/11 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 11/11 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/11 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 11/11 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 13/11 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 11/11 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/11 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 11/11 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 13/11 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 11/11 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/11 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Rússia: Oleg Sentsov há 100 dias em greve de fome

Rússia: Oleg Sentsov há 100 dias em greve de fome
 
Oleg Sentsov na prisão em Fevereiro 2017 © Marx Film

O cineasta ucraniano Oleg Sentsov de 42 anos, foi detido num protesto contra a anexação da Crimeia pela Rússia em 2014 e condenado em 2015 por um tribunal militar russo a 20 anos de prisão, sob acusação de terrorismo e tráfico de armas.

A 14 de maio, há precisamente 100 dias, Oleg Sentsov iniciou uma greve de fome, para exigir a libertação de todos os presos políticos ucranianos detidos na Rússia, mas o seu estado de saúde deteriora-se e ele pode morrer a qualquer minuto segundo os seus familiares e o seu advogado de defesa.

A União Europeia considerou que o seu processo violou o direito internacional e em Junho votou a prorrogação das sanções à Rússia exigindo a sua libertação imediata, os Estados Unidos apelidaram o processo de negação de justiça e a ong Amnistia Internacional que denunciou um julgamento estaliniano, pediu para visitá-lo na prisão, o que foi recusado pelas autoridades russas, como commmeça por referir Suzana Silva, coordenadora de investigação e advocacy na Amnistia Internacional em Portugal.


Sobre o mesmo assunto

  • Petição/ Rússia

    Petição internacional para salvar Oleg Sentsov

    Saber mais

  • Rússia/Política

    Opositor Navalny detido com centenas de outros na Rússia

    Saber mais

  • Política /Estados Unidos

    Donald Trump poderia levantar sanções contra Rússia

    Saber mais

  • Síria

    Rússia acusa Reino Unido de encenação do ataque químico

    Saber mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.