Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 18/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 18/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 18/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 18/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Escalada na guerra comercial entre China e EUA

media Os contentores chineses na Califórnia, 7 de Outubro de 2010. ©REUTERS/Lucy Nicholson/File Photo

O primeiro-ministro chinês apelou ao livre comércio face a escalada na guerra comercial com os Estados Unidos. Donald Trump que esta semana anunciou taxas alfandegárias sobre um total de 171 mil milhões de euros das importações oriundas da China.

A China convocou o embaixador dos Estados Unidos, ao qual enviou um "protesto solene", em função das sanções de Washington a Pequim pela compra de armas russas - informou o "Diário do Povo", órgão do Partido Comunista.

Na quinta-feira, 20 de Setembro, Washington anunciou a sanção, pela primeira vez, contra uma entidade estrangeira pela compra de armas russas, atingindo uma unidade das Forças Armadas chinesas pela aquisição de caças e de mísseis terra-ar.

Esta troca de acusações é uma estratégia para que nem Pequim como Washington ocupem uma posição de fragilidade afirma Arnaldo Gonçalves, especialista de Relações Internacionais em Macau.

"Não devemos levar à letra este discurso (de Donald Trump) que é sobretudo um discurso retórico que prepara os Estados Unidos e a China para se sentarem à mesa das negociações e para encontrar um consenso que satisfaça a posição dos dois. Nenhuma das partes quer ir numa posição de fragilidade, e é por isso que os Estados Unidos estão a puxar a vazada para forçar a China a avançar em alguns aspectos", descreveu o académico.

Pequim reagiu no dia seguinte, manifestando sua "indignação" com as sanções.

As sanções financeiras americanas afectam o Departamento de Desenvolvimento de Equipamentos do Ministério chinês da Defesa.

O gesto do governo Trump é "uma violação flagrante das regras fundamentais das relações internacionais" e "uma demonstração pura e simples de hegemonia", criticou o porta-voz do Ministério da Defesa, Wu Qian.

Arnaldo Gonçalves, especialista de Relações Internacionais em Macau 23/09/2018 ouvir
Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.