Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 17/02 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/02 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/02 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/02 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 17/02 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/02 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/02 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/02 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 17/02 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/02 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/02 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/02 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 17/02 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/02 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/02 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/02 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Khashoggi: Guterres pede investigação "credível"

media António Guterres, Secretário-Geral da ONU. Jonathan NACKSTRAND / AFP

O secretário-geral das Nações Unidas considera "essencial" a realização de uma investigação "credível" sobre o assassínio do jornalista saudita Jamal Khashoggi.

Uma investigação que continua a criar desentendimentos. A Arábia Saudita condenou hoje as resoluções aprovadas pelo Senado norte-americano contra o regime de Riade, uma sobre a morte do jornalista Jamal Khashoggi e outra sobre o Iémen.

A primeira resolução pede a Donald Trump que retire as forças armadas norte-americanas do conflito no Iémen.

Na segunda, os senadores norte-americanos aprovaram por unanimidade uma resolução que aponta o príncipe herdeiro como “responsável pelo homicídio” de Jamal Khashoggi e pede ao governo da Arábia Saudita que “garanta a aplicação de medidas apropriadas”.

Jamal Khashoggi, jornalista crítico do governo da Arábia Saudita, foi assassinado no início do mês de Outubro passado por agentes sauditas no consulado do seu país em Istambul.

Inicialmente, o Governo da Turquia tinha dito que não queria um inquérito internacional, preferindo a cooperação directa com as autoridades sauditas.

Na terça-feira, o ministro dos Assuntos Exteriores afirmou que a Turquia estava em negociações com as Nações Unidas para uma possível investigação internacional sobre o assassínio, o que provocou indignação em todo o mundo.

Hoje o secretório geral da ONU, António Guterres, afirmou que “é absolutamente essencial ter uma investigação e uma punição credível aos culpados”, numa conferência de imprensa na Turquia.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.