Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 18/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 18/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 18/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 18/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Indonésia: Risco elevado de mais tsunamis

media Estragos do tsunami que atingiu a 22 de dezembro as ilhas de Java e Sumatra na Indonésia. REUTERS

O balanço do tsunami na Indonésia subiu para 373 mortos e 1 400 feridos, anunciou nesta segunda-feira a Agência Nacional de Gestão de Catástrofes. Também há 128 desaparecidos após o tsunami que atingiu no sábado à noite o Estreito de Sunda, que separa as ilhas de Sumatra e de Java.

Uma sucessão imprevisível de factos e um sistema de alerta deficiente explicam o número de mortos no tsunami que arrasou a costa do Estreito de Sunda, na Indonésia, concluíram especialistas e autoridades. Os especialistas acreditam que ainda há possibilidades de novos tsunamis visto que o vulcão continua em actividade.

O tsunami deverá ter sido desencadeado por uma maré anormal associada a um deslizamento submarino causado pela erupção do vulcão Anak Krakatoa.

Ao que tudo indica o tsunami teve ondas de dois a três metros de altura, e entrou até 15 a 20 metros para o interior das terras segundo informações recolhidas.

De notar que as autoridades indonésias confundiram inicialmente o tsunami com uma maré crescente e chegaram a apelar à população para não entrar em pânico.

Essas confusões ocorreram por se ter tratado de um tsunami de origem induzida e não de origem sísmica, pelo que não activou os dispositivos que estão preparados para analisar esses fenómenos.

O vulcão Anak Krakatoa, no Estreito de Sunda, que liga o Oceano Índico ao Mar de Java, tem 305 metros de altura, e está localizado a cerca de 200 quilómetros a sudoeste da capital Jacarta. Este vulcão tem tido uma actividade desde Junho.

Recorde-se que o pior tsunami na Indonésia ocorreu a 26 de Dezembro de 2004, no norte de Sumatra, e causou cerca de 230 mil mortes numa dezena de países banhados pelo Oceano Índico, dos quais 168 mil em território indonésio.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.