Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 25/04 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 21/04 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/04 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/04 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 25/04 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 21/04 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/04 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/04 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 25/04 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 21/04 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/04 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/04 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 25/04 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 21/04 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/04 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/04 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Justiça saudita pede penas de morte no caso Khashoggi

media Manifestante junto ao consulado da Arábia Saudita de Istanubl a 25 de Outubro de 2018 com fotografia de Jamal Khashoggi REUTERS/Osman Orsal/File Photo

O Ministério público saudita vai pedir a pena de morte contra 5 dos suspeitos no caso do assassínio do jornalista Jamal Khashoggi a 2 de Outubro no consulado de Istanbul. A primeira audiência do julgamento decorreu hoje na capital do reino saudita.

A primeira audiência do julgamento dos onze suspeitos teve lugar hoje na capital saudita, com os advogados a obterem mais tempo para preparar a defesa dos respectivos clientes.

O ministério público já anunciou ir pedir a pena de morte para 5 dos 11 suspeitos.

Em causa a morte do jornalista Jamal Khashoggi a 2 de Outubro passado nas instalações do consulado saudita em Istanbul.

Um caso que beliscou a imagem internacional de Riad.

O corpo do jornalista nunca foi encontrado: as autoridades sauditas especificaram hoje ter enviado novas cartas ao ministério público turco para obter novos elementos.

Na segunda-feira um canal televisivo turco difundiu imagens após o assassínio de Khashoggi com homens a transportar malas que poderiam conter os restos mortais do jornalista para a residência do cônsul geral saudita em Istanbul.

Riad acabou por reconhecer no final de Outubro que a morte de Khashoggi tinha sido premeditada pelos serviços de informação e o rei Salman pediu a respectiva reestruturação.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.