Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 10/02 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 15/02 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/02 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/02 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 10/02 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 15/02 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/02 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/02 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 10/02 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 15/02 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/02 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/02 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 10/02 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 15/02 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/02 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/02 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Irlanda descarta renegociar fronteira

media Um autocolante «No Border, No Brexit», «Sem fronteira não há Brexit» em frente à estátua da paz em Derry na Irlanda do Norte. REUTERS/Clodagh Kilcoyne

A Irlanda e a União Europeia descartam voltar a negociar a questão de um possível regresso de uma fronteira física entre a Irlanda e a Irlanda do Norte. E isto na sequência do parlamento britânico ter dado luz verde a Theresa May, a primeira-ministra, para renegociar o Brexit com Bruxelas.

Os deputados britânicos votaram na noite de terça-feira por 317 votos contra 301 a missão para a primeira-ministra voltar a negociar com Bruxelas o regresso de uma fronteira física separando a província da Irlanda do Norte da República da Irlanda.

Theresa May alegou "ser agora claro existir um meio para reunir uma maioria substancial e duradoura no parlamento para deixar a União Europeia com um acordo".

Este é, porém, um cenário que deixa cépticos muitos observadores em relação ao prazo de menos de dois meses para o efeito.

E isto com Bruxelas a não aceitar voltar atrás em relação ao que fora negociado ao longo de anos com Londres, num acordo rejeitado previamente pelo parlamento britânico.

A República da Irlanda tem-se demonstrado irredutível em relação à sua oposição ao regresso a uma fronteira física que a separa da província britânica da Irlanda do Norte.

Este é um assunto que tem monopolizado, por completo, as atenções na Irlanda como nos admitia Filipe Ribeiro de Menezes, professor na Universidade de Maynooth, perto da capital irlandesa.

Filipe Ribeiro de Menezes, professor na Universidade de Maynooth (Irlanda) 30/01/2019 ouvir

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.