Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 15/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 13/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 15/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 13/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 15/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 13/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 15/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 13/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Guaidó cada vez mais reconhecido presidente da Venezuela

media O autoproclamado presidente da Venezuela, Juan Guaidó, na manifestação de ontem, em Caracas REUTERS/Carlos Garcia Rawlins

Paris qualificou hoje de "farsa" a proposta do Presidente venezuelano, Nicolas Maduro, de organizar legislativas antecipadas em resposta à pressão da oposição, no útimo dia do ultimato de 6 países da UE, nomeadamente, França, para convocar eleições presidenciais. É que Maduro, anunciou apenas legislativas para março.

O autoproclamado presidente da Venezuela, Juan Guaidó, tem cada vez mais apoios internacionais, mas agora, no seio do próprio exército venezuelano, enquanto o outro presidente do país, Maduro, é criticado de todos os lados.

Efectivamente, há 2 generais das forças armadas da Venezuela, entre eles, o conhecido general Francisco Yanes, que apelou ao reconhecimento de Guaidó, como presidente, mas também, na diplomacia, Jonathan Velasco, embaixador no Iraque. E a nível internacional, mais um país, Áustria, reconheceu, Guaidó.

Do lado de Maduro, é só críticas e denúncias expressas, como a da França, que considera ser uma "farsa", o anúncio de ontem do presidente venezuelano contestado, de eleições legislativas antecipadas para março.

Uma farsa, porque Paris e 6 outras capitais europeias, exigem sobretudo eleições presidenciais, caso contrário reconhecem, como os Estados Unidos, Guaidó como presidente legítimo da Venezuela;

O Parlamento europeu, já foi mais longe, reconhecendo Juan Guaidó como presidente da Venezuela.

Certamente, que vai haver mais reacções nos próximos dias, com as duas manifestações marcadas pelo campo de Guaidó, que obteve ajuda humanitária do Brasil, pedindo ao exército, para permitir que essa ajuda chegue ao povo.

Acções que vão obrigar o campo de Maduro a tomar medidas idênticas.

Para já Maduro e seus apoiantes militares, já reagiram denunciando a traição do general Francisco Yanes.

Guaidó cada vez mais reconhecido Presidente da Venezuela 03/02/2019 ouvir
Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.