Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 24/06 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 23/06 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/06 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 24/06 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 23/06 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/06 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 24/06 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 23/06 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/06 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 24/06 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 23/06 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/06 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Urgente
Angola empatou a 1 bola com a Tunísia na sua estreia no CAN
Mundo

França : Debate sobre o uso de granadas pela polícia

media um manifestante ficou gravemente ferido numa mão, diante da Assembleia Nacional francesa, no Sábado 9 de Fevereiro. Zakaria ABDELKAFI / AFP

Depois do debate sobre os lançadores de balas de defesa (LBD), a França debate agora sobre o uso de granadas "de dispersão" pela polícia, durante as manifestações dos chamados « coletes amerelos » : A polícia pode ou não, deve ou não, usar granadas para dispersar os manifestantes ?

As opiniões divergem, como divergiram acerca dos lançadores de granadas de defesa (LGD), visto terem-se registado já muitas vítimas durante as recentes  manifestações dos chamados “coletes amarelos”.

As granadas em questão, são utilizadas pela policia francesa há 15 anos, e são uma arma intermediária, destinada a dispersar a multidão, pois produzem um barulho assustador. Uma vez lançadas, explodem cerca de dois segundos depois.

A sua utilização, pelas forças de segurança francesas, é bastante contestada pelos manifestantes, e sobretudo pelas organizações de defesa dos direitos humanos.

A polémica surgiu depois de um manifestante ter ficado com uma mão esfacelada, no passado Sábado, durante a 13° edição das manifestações contra a política de Emmanuel Macron.

Segundo testemunhas, um manifestante filmava outros manifestantes que tentavam entrar à força na Assembleia Nacional Francesa, em protesto contra a lei anti-vandalismo, aprovada em primeira leitura na semana passada.

As forças de segurança foram obrigadas a intervir, e lançaram gaz lacrimogénio  e granadas para dispersar a multidão. Uma das granadas explodiu quando aquele manifestante tentou afastar - com a mão - uma granada que lhe tinha atingido uma perna.

A vítima perdeu quatro dedos, e recebeu os primeiros-socorros no local, donde foi depois conduzida para o hospital.
 

O Governo francês anunciou que foi aberto um inquérito sobre as circunstâncias deste acidente, ao mesmo tempo que vários jornalistas afirmam também ter sido alvejados pela polícia, com estas granadas.

 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.