Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 16/07 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 14/07 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/07 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 14/07 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 16/07 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/07 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 16/07 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 14/07 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/07 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 15/07 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 14/07 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/07 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Entre arte e activismo existem "Amores pós-coloniais"

Por
Entre arte e activismo existem
 
André Amálio e Romi Anauel Luís Guita

Amores Pós-Coloniais” é a mais recente criação de André Amálio e Tereza Havlíčková na companhia Hotel Europa e está em cena no Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa.

Num registo de Teatro documental, “Amores Pós-Coloniais” quer saber o que significava amar no espaço colonial e pós-colonial.

Cruzando a pesquisa de arquivo e a recolha de testemunhos reais, a companhia Hotel Europa inicia um novo capítulo na investigação sobre o colonialismo.

Numa mistura de arte e activismo, André Amálio ajuda-nos a perceber o que é “Amores pós-Coloniais”, questiona o romanticismo da história e a visão colonialista.

"Amores pós-coloniais" no Teatro Nacional D. Maria II em Lisboa. Filipe Ferreira

Criação André Amálio

Cocriação/movimento Tereza Havlíčková

com André Amálio, Júlio Mesquita, Laurinda Chiungue, Pedro Salvador, Romi Anauel e Tereza Havlíčková

criação musical Pedro Salvador e Romi Anauel

cenografia Pedro Silva e Hugo Migata

desenho de luz e direção técnica Carlos Arroja
colaboração Selma Uamusse e Toni Fortuna
 

produção executiva Joana Costa Santos

produção Hotel Europa
coprodução TNDM II

 

Um trabalho de Luís Guita em Lisboa


Sobre o mesmo assunto

  • Vida em França

    "Pode ser" de Leïla Ka

    Saber mais

  • Artes

    Nova peça de Abdulai Sila estreia Sábado em Bissau

    Saber mais

  • Convidado

    Cabo Verde: arranca Mindelact com 70% de espectáculos gratuitos

    Saber mais

  • França

    O adeus ao dramaturgo francês Richard Demarcy

    Saber mais

  • Portugal de novo distinguido pela UNESCO

    Portugal de novo distinguido pela UNESCO

    O Palácio Nacional de Mafra e o Santuário do Bom Jesus, em Braga, foram classificados, no domingo, Património Cultural Mundial da Humanidade. O Embaixador de Portugal …

  • Kimi Djabaté: o guineense que seduziu Madonna

    Kimi Djabaté: o guineense que seduziu Madonna

    O cantor guineense Kimi Djbaté participa no novo álbum de Madonna: Madame X. Em entrevista à RFI, o músico guineense fala de “Bella Ciao” o tema que gravou com a estrela …

  • Pongo, a “diva do kuduro” em Paris

    Pongo, a “diva do kuduro” em Paris

    Ficou conhecida como a voz dos Buraka Som Sistema quando tinha 15 anos. Hoje tem 27 e um primeiro trabalho a solo que foi apresentado no Palácio do Eliseu, em Paris. …

  • Moda masculina portuguesa em Paris

    Moda masculina portuguesa em Paris

    Decorre neste momento em Paris a Semana da moda masculina.Neste âmbito um espaço efémero de três dias, um showcase Moda Portugal, reúne criações de 30 marcas lusas de …

  • A homenagem de Paris a Teresa Villaverde

    A homenagem de Paris a Teresa Villaverde

    O Centro Pompidou, em Paris, propõe uma retrospetiva inédita da obra da realizadora portuguesa Teresa Villaverde. Até 1 de Julho, os espectadores vão poder assistir a …

  • “Fátima”: O conflito entre a fé e a natureza humana

    “Fátima”: O conflito entre a fé e a natureza humana

    O filme "Fátima", do realizador português João Canijo, estreia-se esta quarta-feira em França. Entre documentário e ficção, 11 mulheres partem de Vinhais, em Trás-os-Montes, …

  •  Angola:Património,Festikongo e Bienal da paz

    Angola:Património,Festikongo e Bienal da paz

    Nesta edição de Artes falamos com a ministra da Cultura de Angola, Carolina Cerqueira,sobre a problemática da preservação, assim como das iniciativas que o seu país tem …

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.