Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 22/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 18/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 22/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 18/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 22/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 18/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 22/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 18/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Urgente
365 migrantes do barco Ocean Viking vão poder desembarcar em Malta
Mundo

Brexit: May pede um tempo antes do divórcio

media A primeira-ministra britânica, Theresa May, pede um tempo antes do divórcio. REUTERS/Peter Nicholls

A primeira-ministra britânica abriu a porta a um possível adiamento do divórcio com a União Europeia. Theresa May prometeu apresentar um novo acordo até 12 de março e se este for de novo chumbado, admite pedir um adiamento do ‘Brexit’.

Faltam 30 dias para a saída do Reino Unido da União Europeia e o governo britânico quer mais duas semanas para negociar. Resume-se assim a estratégia que a primeira-ministra Theresa May apresentou aos deputados e que vai ser hoje votada no parlamento.

Antevendo uma revolta dentro do próprio governo, Theresa May prometeu apresentar um novo acordo até 12 de março e se este for de novo chumbado, admite pedir um adiamento do ‘Brexit’.

Para os opositores da saída do Reino Unido da União Europeia, esta é uma vitória porque descarta, para já, uma saída sem acordo.

Mas para o governo, a pressão para os deputados aprovarem um acordo continua porque um adiamento da data da saída para depois de 29 de março terá de ser limitado a três meses, ou o Reino Unido teria de participar nas eleições europeias.

Ou seja, não resolve o problema, não elimina o risco de uma saída sem acordo, apenas atrasa o processo e adia decisões difíceis para mais tarde.

Correspondência de Bruno Manteigas 27/02/2019 ouvir

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.