Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 25/06 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 23/06 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/06 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 23/06 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 25/06 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/06 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 23/06 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 24/06 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/06 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 24/06 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 23/06 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/06 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Urgente
UNITA convoca Congresso para 13 de Novembro
França

Recurso impede extradição de Rui Pinto

media Rui Pinto, pirata informático português. FERENC ISZA / AFP

Rui Pinto, pirata informático, não vai ser extraditado para Portugal por enquanto, visto que vai recorrer da decisão do tribunal metropolitano de Budapeste, na Hungria, que decidiu nesta terça-feira, extraditá-lo para o seu país natal.

É um caso que não envolve apenas Portugal e a Hungria, mas também toda a Europa. O pirata informático portuense, Rui Pinto, tem estado detido em prisão domiciliária, até esta terça-feira, em Budapeste na Hungria, após um mandado de captura emitido por Portugal. O tribunal metropolitano da capital húngara decidiu validar o pedido português de extradição.

No entanto Rui Pinto interpôs um recurso que tem “efeito suspensivo imediato” da decisão, e vai aguardar em território húngaro o desfecho deste apelo, aliás ele próprio afirmou que ia passar “algumas noites” numa prisão da Hungria.

Ouça as declarações de Rui Pinto à RTP à saída da sala de audiências.

Rui Pinto, pirata informático 05/03/2019 ouvir

Rui Pinto estava em prisão domiciliária em Budapeste desde 18 de janeiro, na sequência de um mandado de detenção europeu emitido pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) de Portugal, no âmbito da investigação sobre o acesso aos sistemas informáticos do Sporting e do fundo de investimento 'Doyen Sports', baseado em Malta.

Este pirata informático autodidacta criou em 2016 o site internet "Football Leaks", com revelações de negócios sujos de clubes de futebol europeu e de craques dos relvados.

Rui Pinto vai batalha contra a sua extradição para Portugal. De notar que a Bélgica ou a França estão a trabalhar, no ponto de vista da justiça, com base em documentos por ele revelados.

Os dados deste "whistleblower" estariam a ser passados a pente fino por uma investigação criminal dos procuradores franceses. A França revelou aliás que recebeu cerca de 12 milhões de documentos e que isto representa apenas 10% do que Rui Pinto terá em sua posse.

 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.