Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 22/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 20/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 22/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 20/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 22/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 20/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 22/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Europa contra expulsão de embaixador alemão na Venezuela

media Embaixador alemão Daniel Kriener que recebeu Juan Guaidó em Caracas, instado a abandonar a Venezuela REUTERS/Marco Bello/File Photo

Submetido à pressão da comunidade internacional que apoia o auto-proclamado presidente, Juan Guaidó, o presidente em exercício, Nicolas Maduro, contra-atacou ontem dando 48 horas ao embaixador da Alemanha, em Caracas para abandonar o país. Maduro denuncia ingerência do embaixador alemão que recebeu Guaidó em Caracas. 

A União europeia espera que a expulsão do embaixador alemão, na Venezuela, seja reconsiderada pelo presidente contestado, Nicolas Maduro, que ordenou ontem a expulsão do diplomata alemão, Daniel Kriener, por "ingerência". 

"Lamentamos esta decisão quando a União europeia tem estado atenta à comunicação com todas as partes implicadas, inclusivamente com o governo de Maduro, declarou a porta-voz da chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini.

O embaixador da Alemanha, Daniel Kriener, que recebeu Juan Guaidó na sua deslocação a Caracas, foi acusado de "ingerência nos assuntos da Venezuela", pelo que as autoridades venezuelanas lhe deram ontem 48 horas para abandonar o país. 

Berlim, considerou ontem que a expulsão do seu embaixador em Caracas "agrava a situação e não contribui para o desanuviamento". O nosso apoio, o apoio da Europa a Juan Guaidó, permanece intacto, declarou o ministério alemão dos negócios estrangeiros. 

Enfim, para a porta-voz da diplomacia europeia, a União europeia continua "profundamente empenhada numa solução pacífica e democrática da crise venezuelana, e exemplo disso, é o grupo de contacto criado e no qual a Alemanha é um membro activo".

A crispação do governo venezuelano é grande porque os Estados Unidos anunciaram também a não concessão de vistos a 77 responsáveis venezuelanos e seus familiares, depois da anulação de dezenas de outras autorizações de vistos, ameaçando ainda "instituições financeiras estrangeiras implicadas em ajudar Maduro e a sua rede de corruptos.

União europeia contra expulsão de embaixador alemão na Venezuela 07/03/2019 ouvir
Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.