Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/04 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 21/04 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/04 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/04 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 21/04 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/04 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/04 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 21/04 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/04 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/04 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 21/04 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/04 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Theresa May canta vitória antes do Brexit ir ao Parlamento britânico

media Theresa May e Jean-Claude Juncker apresentam novo texto adaptado do Brexit, que vai a votos no dia 19 de março no Parlamento REUTERS/Vincent Kessler

A primeira-ministra britânica, Theresa May, efectuou uma viagem relâmpago a Estrasburgo, e proclamou vitória sobre alterações à saída do Reino Unido da União europeia. A chefe do governo britânico tenta ganhar apoios no seio da opinião pública britânica e entre os partidos, nomeadamente, a sua própria formação política, antes da sessão parlamentar de 29 de março do parlamento britânico.

Após oito semanas de pequenos avanços e impasses, as negociações em Bruxelas produziram resultados.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, fez uma viagem relâmpago a Estrasburgo e proclamou a vitória: o governo conseguiu alterações legalmente vinculativas ao Acordo de saída.

O objectivo era garantir que o Reino Unido não ficasse preso indefinidamente numa União aduaneira com a União Europeia devido à solução para a Irlanda do Norte que pretende evitar uma fronteira física com a vizinha Irlanda.

Os novos documentos que foram publicados garantem que o risco foi reduzido.
Mas a análise do Procurador Geral, Geoffrey Cox, foi menos positiva: o risco mantém-se.

Por isso o desafio para a primeira-ministra britânica é hoje enorme.
Precisa de inverter uma margem de 230 votos que chumbou o acordo em janeiro, 118 do próprio partido Conservador.

Só que desta vez existe um risco agravado para os eurocéticos.
O Brexit pode acabar por ser adiado ou mesmo comprometido se o parlamento tomar conta do processo.

17 dias antes do dia do Brexit, a 29 de março, a incerteza mantém-se.

Bruno Manteigas, correspondente, em Londres.

Bruno Manteigas, correspondente, em Londres 12/03/2019 ouvir
Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.