Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 22/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 18/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 22/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 18/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 22/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 18/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 22/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 18/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Urgente
365 migrantes do barco Ocean Viking vão poder desembarcar em Malta
Mundo

Kim e Putin reúnem pela primeira vez

media O longo aperto de mão entre o Presidente Vladimir Putin e o seu homólogo da Coreia do Norte, Kim Jong Un Sergei Ilnitsky/Pool via REUTERS

Os presidentes da Coreia do Norte e da Rússia encontram-se em Vladivostok durante cinco horas, depois do impasse diplomático com os Estados unidos da América, não tendo havido, no final, uma declaração conjunta.

Após um encontro bilateral de duas horas, em que o presidente coreano foi recebido com um longo aperto de mão pelo presidente russo, seguiram-se conversações entre as delegações e um jantar.

No final, o presidente coreano disse ter passado “um momento muito bom”, em Vladivostok, no extremo oriente russo.

Kim Jong Un acrescentou ainda ser sua intenção fazer reviver as “ligações históricas” com Moscovo, no sentido de se alcançar uma “situação mais estável e mais sólida”.

Por seu turno, Putin afirmou estar satisfeito com o encontro com o seu homólogo norte-coreano, que diz ser uma pessoa “aberta”, “pronta a falar de tudo”, “interessante”, resumindo, “um interlocutor denso”.

O presidente russo referiu ainda ser favorável, como os Estados Unidos, a uma “desnuclearização total”.

Putin considera ser “possível” alcançar uma solução, na condição de se serem dados “os primeiros passos”, e de se oferecer a Pyongyang “garantias de segurança e de soberania”.

Recorde-se que, depois de um primeiro encontro, em 2011, entre o chefe de Estado coreano e o então ex-presidente Medvedev, a Rússia, velho aliado da Guerra Fria, tem ficado à margem da considerada “espetacular détente” observada na Península coreana desde 2018.

De referir ainda que Pyongyang levou a cabo, na semana passada, um ataque de rara violência contra Mike Pompeo, pedindo que o secretário de Estado norte-americano fosse afastado das negociações.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.