Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/07 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 14/07 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/07 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 14/07 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/07 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/07 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 14/07 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 18/07 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/07 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 14/07 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 18/07 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/07 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Opositor turco Ekrem Imamoglu eleito edil de Istambul

media Ekrem Imamoglu, opositor turco eleito autarca de Istambul REUTERS/Murad Sezer

Segunda vitória, do candidato da oposição Ekrem Imamoglu, sobre o ex-primeiro ministro Binali Yildirim nas eleições locais de Istambul deste domingo, depois da anulação do escrutínio de 31 de Março, que já tinha dado vitória a Imamoglu.

Segunda vitória – desta feita categórica - do candidato da oposição Ekrem Imamoglu, sobre o ex-primeiro ministro Binali Yildirim nas eleições locais de Istambul este domingo (23/06), repetidas depois da anulação do escrutínio de 31 de Março passado, que já tinha resultado numa inesperada vitória de Imamoglu.

José Pedro Tavares, correspondente em Ancara 23/06/2019 ouvir

Desta vez a vantagem foi bem mais dilatada – mais 760.000 votos, com 54% dos 9 milhões de votos, o que confirmou o erro estratégico de Erdogan, que forçou o voto em Istambul através de uma controversa decisão do comité nacional de eleições, mas que sofreu agora um segundo revés consecutivo.

O hegemónico presidente, que domina totalmente a política turca há 25 anos, aparece agora numa rara posição de fraqueza. Os resultados eleitorais parecem sugerir um crescente desencanto e frustração do povo turco para com um regime cada vez mais distante, polarizador, e que não parece ter propostas credíveis para resolver a crise económica em que o país se encontra mergulhado.

Binali Yildirim já concedeu a derrota e felicitou o seu opositor, num discurso suave e amistoso. Imamoglu também já falou à imprensa, e disse que o resultado era sobretudo uma vitória da democracia.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.