Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 15/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 13/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 15/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 13/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 15/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 13/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 15/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 13/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

EUA vencem Mundial de Futebol Feminino

media A capitã Meghan Rapinoe e a vitoriosa equipa dos EUA no Mundial de Futebol Feminino Benoît Tessier/Reuters

Indestronáveis, as norte-americanas são campeãs do mundo de futebol. A equipa dos estados Unidos da América venceu por 2-0 a Holanda, na partida final do campeonato do mundo, que decorreu em Lyon, França.

A vitória das norte-americanas dependeu duma grande penalidade, concretizada pela emblemática capitã, Megan Rapinoe.

Depois de uma primeira parte sem golos, os Estados Unidos acabaram por chegar à vantagem aos 61 minutos com o tento de Megan Rapinoe, ao transformar o penálti que castigou uma falta de Stefanie van der Gragt.

Não demorou muito até que Rose Lavelle fizesse o segundo golo, num lance de contra-ataque concluído com um remate colocado de fora da área.

As americanas justificaram o triunfo alcançado, uma vez que foram quase sempre superiores às holandesas, que chegaram pela primeira vez a uma final do Campeonato do Mundo, depois de em 2017 terem conquistado o Campeonato da Europa.

As norte-americanas consagram-se, assim, pela quarta vez, campeãs do mundo de futebol (1991, 1999, 2015 e 2019), desta feita o segundo ano consecutivo.

O Mundial de futebol feminino, organizado, este ano, pela França, foi já considerado o melhor campeonato feminino da história.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.