Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 13/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 13/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 13/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 13/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

AI: empresas que vendem armas cúmplices das violações de direitos humanos

AI: empresas que vendem armas cúmplices das violações de direitos humanos
 
Logótipo Amnistia Internacional - Portugal Amnistia Internacional

Entre 10 e 13 de Setembro Londres acolhe a Feira Internacional de Defesa e Segurança, um dos maiores certames mundiais de venda de armas e equipamentos militares

Esta segunda-feira (9/09) a ong de defesa de direitos humanos Amnistia Internacional publicou um relatório, que revela que 22 empresas de venda e fabrico de armas em 11 países não cumprem os padrões internacionais de salvaguarda dos direitos humanos, o que as torna cúmplices e responsáveis.

Este relatório cita entre outros o conflito no Iémen, a pior catástrofe humanitária no mundo segundo a ONU, que desde 2015 que causou milhares de vítimas civis , provocadas pelo conflito opondo os rebeldes hutis à coligação internacional liderada pela Arábia Saudita e pelos Emirados Árabes Unidos, mas na qual participam entre outros países a França.

Para nos falar de tudo isto ouvimos Alexandra Carreira directora de investigação e advocacia na Amnistia Internacional em Portugal, que começa por referir a génese deste relatório.


Sobre o mesmo assunto

  • Iémen

    Conselho dos direitos humanos da ONU denuncia crimes no Iémen

    Saber mais

  • Convidado

    Moçambique: Amnistia Internacional quer que o Papa Francisco aborde direitos humanos

    Saber mais

  • Angola/Moçambique

    Angola e Moçambique na mira da Amnistia Internacional

    Saber mais

  • Moçambique

    Amnistia Internacional pede libertação de jornalista

    Saber mais

  • Mundo

    Amnistia Internacional : UE é cúmplice dos abusos na Líbia

    Saber mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.