Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 14/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 17/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 14/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 17/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 14/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 17/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 14/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 17/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
São Tomé e Príncipe

CNE e resultados do recenseamento eleitoral em S. Tomé e Príncipe

media Alberto Pereira, presidente da Comissão Eleitoral Nacional de S. Tomé e Príncipe RFI/Liliana Henriques

A Comissão eleitoral nacional de S. Tomé e Príncipe divulgou os números dos santomenses recenseados, um pouco mais de 91 mil eleitores, números que ainda poderão ser corrigidos, já que não são definitivos. 

A Comissão Eleitoral Nacional de S. Tomé e Príncipe, anunciou esta sexta-feira, (26)  que foram registados no recenseamento eleitoral cerca de 91 mil 167 eleitores, mas o número ainda não é definitivo.

É que começou agora  uma segunda fase do processo de recenseamento, que consiste no tratamento dos dados, publicação dos cadernos eleitorais, reclamação e recursos.

A comunicação definitiva do número total de eleitores que vão poder participar nos próximos escrutínios é a 24 de julho.

Segundo o presidente da comissao, Alberto Pereira, houve muitos constrangimentos nos três meses de recenseamento eleitoral, como o "fator climático, a falta de energia elétrica e até mesmo a adaptação dos recenseadores à nova tecnologia", de emissão dos novos cartões eleitorais biométricos.

"A Comissão eleitoral Nacional, esteve em todo o território durante 3 meses e pensamos que apesar das inúmeras dificuldades que tivemos que enfrentar, podemos dizer que conseguimos criar condições para que todos os cidadãos que quisessem recensear pudessem fazê-lo", sublinhou Alberto Pereira.

Cinco partidos da oposição, três dos quais com assento parlamentar, entregaram hoje uma petição ao presidente do parlamento, exigindo uma auditoria externa ao processo de recenseamento.

Maximino Carlos, correspondente em S. Tomé e Príncipe.

Maximino Carlos, correspondente em S. Tomé e Príncipe 26/05/2017 ouvir

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.