Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 11/11 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 12/11 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 11/11 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 12/11 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 11/11 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 12/11 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 11/11 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 12/11 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 11/11 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 12/11 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 11/11 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 12/11 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 11/11 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 12/11 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 11/11 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 12/11 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
São Tomé e Príncipe

STP: caso Rosema gera alianças políticas imprevistas

media Cervejeira Rosema ocupada esta quinta-feira pela polícia Téla Nón

Força especial da polícia ocupou esta quinta-feira a cervejeira Rosema e ordenou a retirada dos seguranças e membros da direcção ligados ao empresário angolano Melo Xavier, que ontem assumiu a gestão da fábrica, ordenada por tribunal.

Um grupo da força especial da polícia nacional "Ninjas" reassumiu na manhã desta quinta-feira (3/05) o controlo da fábrica de cervejas Rosema em Neves, e ordenou a retirada de todos os seguranças e membros da direcção ligados ao empresário angolano Melo Xavier, que ontem (2/05) assumiu a gestão da única cervejeira do país.

Alguns desses membros decidiram permanecer no interior da fábrica desacatando a ordem policial.

A segunda maior força de oposição são-tomense, PCD, na voz do seu líder Arlindo Carvalho, em conferência de imprensa questionou o facto de se ter enviado a polícia para as instalações da cervejeira Rosema : "há uma decisão do tribunal e o governo envia uma força policial fortemente armada às instalações da Rosema, com o objectivo único de impedir a execução de uma ordem judicial".

Maximino Carlos, correspondente em São Tomé e Príncipe 03/05/2018 ouvir

Entretanto, esta sexta-feira o parlamento saotomense vai reunir-se em plenária para discutir e aprovar o projecto de resolução, visando a exoneração de três Juízes conselheiros do Supremo Tribunal de Justiça: Manuel Gomes Silva Cravid o presidente so STJ, Maria Alice Rodrigues Vera Cruz Carvalho e Frederico da Glória, que a 27 de Abril decidiram a devolução da Rosema à empresa Ridux Lta do empresário angplano Melo Xavier.

A proposta de exoneração dos três juízes acusados de "usurpação" de poderes e desrespeito ao sistema, actos de corrupção e violação de precentios constitucionais, foi apresentada ontem (2/05) por três deputados do MLSTP-PSD e dois da ADI.

Do lado do MLSTP-PSD ele é subscrita pelo seu presidente Aurélio Martins, o líder da bancada parlamentar parlamentar Jorge Amado e o vice-líder Vasco Guiva.

O portal Tela Non publica hoje uma carta subscrita por Aurélio Martins e Vasco Guiva e endereçada ao Presidente do Parlamento José Diogo "requerendo de forma irrevogável a retirada das nossas assinaturas" da referida proposta.

Os dois deputados da ADI são: o secretário-geral Levy Nazaré, que é também o 1° vice-presidente do parlamento e Idalécio Quaresma, líder da bancada parlamentar.

Na sequência desta proposta um grupo de militantes do MLSTP-PSD liderado pelo seu vice-presidente Américo Barros, exige a demissão de Aurélio Martins que acusam de traição ao partido e "complot" com a ADI no poder.

Já o Conselho Superior dos Magistrados Judiciais em comunicado opõe-se à destituição dos três Juízes Conselheiros.

De recordar que os irmãos Monteiro, até agora proprietários da Rosema apelaram para o Tribunal Constitucional.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.