Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 20/04 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/04 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/04 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/04 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 20/04 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/04 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 20/04 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/04 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/04 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/04 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 14/04 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/04 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
São Tomé e Príncipe

Agostinho Fernandes, candidato a líder da ADI em S.Tomé

media Agostinho Fernandes, candidato à presidência da ADI em São Tomé e Príncipe. RFI/Maximino Carlos

Agostinho Fernandes, formado em Direito, apresentou hoje a sua candidatura a liderança do partido ADI, Acção Democrática Independente, em S. Tomé e Príncipe. O partido sem líder desde a saída de Patrice Trovoada, tem congresso marcado para o dia 30 do corrente mês. Perante uma plateia que incluiu vários membros do seu partido, Agostinho Fernandes, prometeu unir os militantes e simpatizantes desta força politica.

 

Com congresso marcado para 30 de março, a ADI, Acção Democrática Independente, já conta com um candidato à sua liderança, na pessoa de Agostinho Fernandes.

Ao formalizar a sua candidatura à Presidência da ADI, Agostinho Fernandes, formado em Direito, rodeado de vários membros da sua formação política, "unir os militantes e simpatizantes".

"A ADI, precisa de ser um partido renovado, mais democrático, mais aberto ao diálogo, mais organizado, por isso é que decidimos avançar com esta candidatura", declarou Agostinho Fernandes, durante o evento.

A ADI, está sem Presidente, desde que Patrice Trovoada se retirou em novembro de 2018.

O Conselho nacional do partido reuniu-se em fins de janeiro deste ano para fixar a data de 30 de março do congresso que vai eleger o novo Presidente.

Por ora, não há outros candidatos, mas Patrice Trovoada que está no estrangeiro, declarou num video nas redes sociais que a seu devido tempo verá se será "candidato à Presidência do partido."

Assim, declarado candidato oficial temos Agostinho Fernandes, que no passado foi ministro da Economia do governo de Patrice Trovoada e desempenha actualmente as funções de administrador do Banco Internacional de S. Tomé e Príncipe.

Em declarações à imprensa no hotel da capital onde fez a sua candidatura à presidência da ADI, Agostinho Fernandes, sublinhou que "vamos apresentar à sociedade uma ADI, digna de ser um partido para todos os santomenses." 

Agostinho Fernandes, candidato à liderança da ADI em S. Tomé e Príncipe 12/03/2019 ouvir
Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.