Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 21/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 20/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 21/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 20/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 21/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 20/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 21/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 20/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
São Tomé e Príncipe

São Tomé acolhe fórum de negócios de países lusófonos com a China

media Zona marginal de São Tomé, a capital RFI/Liliana Henriques

Desde hoje e até esta Terça-feira, São Tomé acolhe o 14° encontro empresarial China - Países de Língua portuguesa. Este evento que se realiza pela primeira vez no arquipélago reúne mais de 300 empresários da China e dos países lusófonos com o intuito de discutir sobre oportunidades de negócios.

Organizado designadamente pela Agência de Promoção, Comércio e Investimento (APCI) são-tomense, este fórum acolhe uns 170 empresários nacionais e 150 representantes estrangeiros, nomeadamente empresários chineses, portugueses, angolanos, moçambicanos e timorenses.

Durante a abertura deste encontro no qual São Tomé e Príncipe pretende apresentar as suas potencialidades em termos de serviços e produtos, o chefe do governo são-tomense referiu-se à localização geográfica do país, inserido numa região, o Golfo da Guiné, com cerca de 300 milhões de consumidores. Por esta ocasião também, ao incitar os investidores a colocarem capital no seu país, Jorge Bom Jesus não deixou de enunciar entre as suas prioridades a promoção de um ambiente mais favorável aos negócios em São Tomé e Príncipe, nomeadamente através de reformas em matéria de justiça e fiscalidade.

Painéis sobre o turismo, agricultura, transformação, infra-estruturas e serviços, preenchem o leque deste evento que pretende ser uma rampa de lançamento em termos económicos para São Tomé e Príncipe. Nesta estratégia, a China tem sido um parceiro importante. Aquando do seu regresso de uma visita à China no passado mês de Março, o chefe do governo são-tomense garantiu que Pequim pretendia aumentar o seu investimento anual no arquipélago, sendo que actualmente é estimado em 30 milhões de Dólares.

Mais pormenores com Maximino Carlos.

Maximino Carlos, correspondente da RFI em São Tomé e Príncipe 08/07/2019 ouvir
Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.