Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 16/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 18/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 16/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 18/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 16/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 18/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 16/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 18/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Tragédia em Moçambique

Tragédia em Moçambique
 
Pessoas a andar nas ruas inundadas de Buzi, centro de Moçambique. ADRIEN BARBIER / AFP

O nosso programa "Semana em África" deste sábado 23 de Março tem como principal destaque a catástrofe que se abateu em Moçambique com a passagem do ciclone Idai pelas províncias da região centro do país.

A cidade da Beira foi a cidade mais afectada. Daviz Simango, autarca da Beira, falou numa cidade completamente destruída.

Moçambique tem contado com o apoio internacional, nomeadamente da CPLP.
O chefe da diplomacia moçambicana esteve em Buenos Aires, na Argentina, num fórum da ONU sobre a cooperação Sul Sul. José Pacheco admitiu ter recebido garantias da solidariedade dos parceiros internacionais.

Jorge Carlos Fonseca, presidente cabo-verdiano e presidente em exercício da CPLP, Comunidade dos países de língua portuguesa, falou com o secretário executivo da organização lusófona e defendeu uma acção concertada para ajudar Moçambique após a tragédia.

A organização humanitária Médicos Sem Fronteiras está preocupada com os riscos de proliferação de doenças. A advogada na MSF Claúdia Aguiar descreveu a falta de acesso a água potável e as dificuldades de acesso a hospitais e centros de saúde.

Nas províncias de Sofala e Manica, as mais afectadas, falta de tudo um pouco, nomeadamente combustíveis.


Sobre o mesmo assunto

  • Moçambique

    Moçambique assinala último dia de luto nacional

    Saber mais

  • Economias

    Idai abranda crescimento de Moçambique

    Saber mais

  • Convidado

    Cidade da Beira pode ser engolida pelo mar

    Saber mais

  • Moçambique

    Beira ameaçada por proliferação de doenças

    Saber mais

  • Moçambique

    Moçambique: E depois do Idai?

    Saber mais

  • Moçambique

    Luto Nacional e Preocupação em Moçambique

    Saber mais

  • Moçambique/Argentina

    Moçambique recebe solidariedade do mundo inteiro em Buenos Aires

    Saber mais

  • Convidado

    Estado de emergência em Moçambique

    Saber mais

  • Revista de Imprensa

    Ciclone catástrofico faz mortos e destrói Beira em Moçambique

    Saber mais

  • Moçambique

    Campanha de solidariedade a vítimas do ciclone IDAI em Moçambique

    Saber mais

  • Convidado

    Crise humanitária em Moçambique

    Saber mais

  • MOÇAMBIQUE

    Diáspora moçambicana mobiliza-se pelas vítimas de ciclone

    Saber mais

  • Moçambique / IDAI

    Ciclone IDAI poderá ter causado um milhar de mortos em Moçambique

    Saber mais

  • Moçambique

    Centro de Moçambique: 68 mortos e mais de 600 feridos

    Saber mais

  • Moçambique

    Idai faz 22 mortos no centro de Moçambique

    Saber mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.