Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 23/02 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 22/02 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/02 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/02 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 23/02 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 22/02 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/02 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/02 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 23/02 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 22/02 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/02 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/02 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 17/02 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 22/02 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/02 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/02 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Artigo

Terremoto deixa dezenas de feridos no centro Japão

media O terremoto provocou o desmoronamento de várias casas na região japonesa de Nagano. REUTERS/Kyodo

Um terremoto de 6,2 pontos na escala Richter deixou pelo menos 39 feridos, sete deles em estado grave, na região de Nagano, no centro do Japão, na noite de sábado (22). O tremor também provocou estragos importantes em uma estação de esqui e várias casas desmoronaram. Nenhum tsunami foi registrado e a central nuclear em Niigata, que estava com seus reatores desativados, não sofreu danos. 

As autoridades japonesas revisaram para baixo o balanço de vítimas e concluíram na manhã deste domingo (23) que pelo menos 39 pessoas ficaram feridas durante o terremoto. Na véspera, o governo chegou a comunicar o número de 57.

De acordo com a imprensa local, várias casas desmoronaram na estação de esqui de Hakuba, a mesma que acolheu os Jogos Olímpicos de inverno em 1998. As cerca de 30 pessoas estavam nas residências já foram socorridas. Vários prédios públicos também foram atingidos.

Pelo menos 1,6 mil casas ficaram sem energia elétrica e uma parte do tráfego ferroviário foi interrompido. Os trens de alta velocidade shinkansen pararam de circular na região após o tremor.

O terremoto ocorreu às 22h08 de sábado, no horário local (11h08 em Brasília). Segundo o Instituto norte-americano de geofísica (USGS na sigla em inglês), o tremor atingiu 6,2 pontos. Já a agência japonesa de meteorologia registrou 6,8 pontos na escala Richter. “Esse foi um dos mais importantes terremotos dos últimos 100 anos na região, depois do de 1987”, com mais de 20 réplicas, confirmou um sismólogo durante uma entrevista coletiva.

Nenhum tsunami foi constatado. Segundo a companhia Tepco, que administra parte das centrais nucleares japonesas e que possui uma usina na região vizinha de Niigata, os reatores estavam desativados e o tremor de domingo não provocou nenhum dano.

Terremoto mata quatro na China

A China também foi vítima de um terremoto neste fim de semana. Pelo menos quatro pessoas morreram e 54 ficaram feridas após um tremor na região montanhosa de Sichuan, no sudoeste do país. 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.