Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 13/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 13/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 13/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 13/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
São Tomé e Príncipe

Caso Rosema:"a máfia que ameaça o país"

media Fradique de Menezes, antigo chefe de Estado de São Tomé e Príncipe Miguel Martins/RFI

O antigo presidente são-tomense, Fradique de Menezes, que foi ouvido no processo de alegada corrupção de magistrados do Supremo Tribunal de Justiça no processo da cervejeira Rosema, deu hoje uma conferência de imprensa onde anunciou que tudo fará para ver o seu nome limpo.

Fradique de Menezes deu hoje uma conferência de imprensa onde anunciou que tudo fará para ver o seu nome limpo na justiça.“O meu advogado tem todo o meu mandato para poder prosseguir com este processo (…) A Procuradoria-Geral da República tem que chegar a uma conclusão e levar o caso avante, se for preciso, até ao tribunal”, declarou.

Fradique Menezes foi ouvido como testemunha no caso de alegada corrupção de magistrados do Supremo Tribunal de Justiça no processo da cervejeira Rosema.
O antigo presidente decidiu avançar com uma queixa-crime por difamação e injúria contra o Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, Manuel Silva Gomes Cravid, e contra os magistrados Frederico da Gloria e Justino Veiga.

Na semana passada, o Presidente do Supremo Tribunal de Justiça quebrou o silêncio e denunciou a tentativa de suborno, afirmando que o caso da cervejeira Rosema é o caso mais polémico do sistema judiciário no país. O Presidente do Supremo Tribunal de Justiçadisse que a democracia está em perigo e denunciou uma “cabala” contra a sua pessoa.

As alegadas acusações de corrupção, neste caso, envolvem o antigo ministro da Justiça, Justino Veiga, até à data assessor do Presidente do Supremo Tribunal, que o demitiu, bem como o vice-presidente do PCD, Delfim Neves, e o seu homólogo do MLSTP PSD, Osvaldo Vaz. Osvaldo Vaz, que entretanto se demitiu do cargo, denunciou ingerência da ADI, partido no poder, nos assuntos internos do partido.

Entretanto o primeiro-ministro, Patrice Trovoada, pediu celeridade à justiça, referindo-se ao caso da cervejeira Rosema com “a máfia que ameaça a democracia do país”.

Correspondência de Maximino Carlos 19/12/2017 ouvir
Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.